top of page

Roda de conversa na Aldeia Marakanã

Pedimos licença aos nossos ancestrais e às lideranças e os povos da Aldeia Marakana para este convite.

O ano era 1993, ano de muitas lutas e conquistas e de muitas perdas. Muitas dessas perdas foram marcadas pelas chacinas de Vigário Geral e da Candelária, esta última, uma mancha triste para nossa história onde oito crianças que viviam em situação de rua foram cruelmente assassinadas em frente à Igreja da Candelária. Um ato cruel que marcou a vida de familiares dos mortos e de sobreviventes daquela noite de 23 de Julho de 1993. Neste mês.o ano, nós indígenas do CESAC fundamos nossa associação exatamente um mês depois. Solidários a familiares, amigos e colaboradores, neste próximo domingo dia 23 de Julho de 2023, 30 a os depois, convidamos algumas instituições e lideranças de movimento sociais para nosso ato no território da Aldeia Marakana, onde receberemos a todos com nossa programação da DECOLONIA DE FÉRIAS. Nosso estará representado numa roda de conversa entre o caíque da Aldeia Marakana o prof. José Urutau e o advogado André de Paula (FIST/Chope Reflexivo) e exibição do clipe LAMENTO da Acquaria que nos faz viajar por este túnel do tempo e seguir rexistindo.

Sobre a programação completa do DEOCOLONIA DE FÉRIAS, acompanhe na página seguinte ou nos sories e perfil da @tekohawmarakana

Katu!

@cesac

@fist

@etniasdoporto

@oauodaconceicao

@radioresistencia

@acquaria

@santuariodoseuzepelintra

@radioresistencia

@favelacineclube

@saraupequenaafrica

@miscelaneablack

#rio+31

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Untitled

Comments


bottom of page